7 motivos para você incluir a mandioca orgânica na sua alimentação

A mandioca, também conhecida como aipim ou macaxeira, dependendo da região, é uma raiz rica em nutrientes, como carboidrato, ácido fólico, vitamina C, fibras e potássio.

Ela é superversátil, podendo ser consumida cozida, assada, frita, ensopada ou purê e está presente na vida dos brasileiros, até mesmo no café da manhã, no formato de tapioca, alimento feito a partir da fécula extraída do aipim.

Além disso, a mandioca proporciona diversos benefícios ao ser incluída na alimentação, principalmente quando possui origem orgânica. Afinal, ao consumir produtos com certificação, que atendam aos rígidos padrões de agricultura orgânica, você estará consumindo alimentos sem produtos químicos sintéticos, com o sabor original intensificado e com todas as características nutricionais preservadas.

Separamos 7 motivos para você incluir a mandioca orgânica na sua alimentação, além de duas receitas bônus para você preparar em casa e se deliciar com a família. Confira!

 

1.      Fonte de energia

Por ser rica em carboidrato, também chamado de glicídios, a mandioca é considerada uma fonte de energia supereficaz. Para quem pratica atividades físicas intensas, ela é figurinha carimbada na dieta, pois é capaz de aumentar o estoque de energia antes, durante e até mesmo depois do exercício, no período de recuperação.

 

2.      Tem papel importante na saúde dos ossos

A vitamina C, presente na macaxeira, promove a produção de colágeno. Essa é uma substância capaz de ajudar a manter ossos, cartilagens, músculos e tecidos do nosso corpo com saúde.

 

3.      Auxilia no tratamento a artrite

Os saponinos e os polifenóis, substâncias existentes em quantidade significativa no aipim, possuem ação analgésica e inflamatória, uma vantagem para quem possui doença osteoarticular, como a artrite reumatoide.

 

4.      Possui ação oxidante

Além da vitamina C, que é antioxidante e ajuda no retardamento do envelhecimento da pele, temos também o revesratrol, um dos polifenóis presentes na mandioca, que ajuda a combater os radicais livres que oxidam as células e contribuem para o surgimento de diversos tipos de câncer. Ele também ajuda a prevenir danos provocados pelos raios solares.

 

5.      Boa para o coração

A soma de nutrientes da macaxeira ajuda na prevenção de doenças cardiovasculares, pois são capazes de fortalecer o coração e melhorar a saúde dos nossos tecidos sanguíneos.

 

6.      Ótima para ser consumida na gravidez

A mandioca possui uma grande quantidade de um nutriente bem conhecido no mundo da maternidade, o ácido fólico. Essa vitamina, além de fortalecer o sistema imunológico, é capaz de auxiliar na formação do tubo neural do feto.

 

7.      Ajuda no combate a diabetes

As fibras da macaxeira ajudam no prolongamento do processo digestivo, auxiliando o organismo a controlar a quantidade de açúcar que vai para o sangue, além disso ajudam na digestão e no controle do peso.

 

Receitas bônus

Vaca atolada com mandioca orgânica

 

Ingredientes

  • 700g de mandioca orgânica descascada, cozida e cortada em cubo
  • 2 ½ litros de água quente
  • 1kg de costela de vaca, cortada em pedaços bem pequenos
  • 2 cebolas médias picadas (no corte de sua preferência)
  • 4 dentes de alho amassados
  • 5 tomates sem sementes picados (no corte de sua preferência)
  • 6 colheres de sopas de cheiro-verde
  • 3 colheres de sopa de cachaça
  • Pimenta dedo-de-moça picada a gosto
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto
  • 2 folhas de louro
  • 2 colheres de sopa de óleo

 

Modo de preparo

Em uma panela grande, frite a costela no óleo até dourar (cerca de dez minutos). Junte as cebolas e os dentes de alho e refogue. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Adicione os tomates, o cheiro-verde, a cachaça, a pimenta dedo-de-moça, as folhas de louro e a água quente e deixe cozinhar por 50 minutos na pressão, em fogo médio. Quando a costela estiver bem cozida, acrescente a mandioca e deixe cozinhar por mais 25 minutos ou até ficar cremoso. Essa receita rende seis porções.

 

Mandioca ao alho e manteiga para tira-gosto

 

Ingredientes

  • 1kg de mandioca orgânica
  • 1 cebola ralada
  • 3 dentes de alho amassado
  • 2 colheres de sopa de manteiga
  • Sal a gosto

 

Modo de preparo

Em uma panela de pressão, coloque água, sal e as mandiocas cortadas em rodelas. Após pegar a pressão, deixe cozinhar por 20 minutos. Retire a água e reserve. Em uma outra panela, coloque a manteiga e deixe derreter, depois acrescente a cebola e o alho e deixe dourar. Adicione a mandioca e misture por alguns minutos. Essa receita rende quatro porções.

 

Que tal preparar essas receitas deliciosas para a família e usando produtos orgânicos? Clique aqui e conheça o Clube Reserva. A união da comodidade da compra on-line de alimentos orgânicos nutritivos e saborosos com a preocupação de conhecer e fazer parte de todo o caminho que o alimento percorre até chegar à sua mesa.

Como manter a imunidade alta

Deixar a sua imunidade alta está muito relacionado com a alimentação. O que você escolhe ingerir influencia, e muito, a sua saúde. No atual momento, em meio à pandemia, dar uma força ao sistema imunológico é uma atitude muito inteligente.

Obviamente, os alimentos indicados não têm o poder de evitar o contágio pelo coronavírus. Porém, eles fortalecem o sistema imunológico, dando mais condições para que ele combata a doença. Continue a leitura e descubra como auxiliar o seu organismo nesse sentido!

Alimentação indicada

Invista em produtos orgânicos. Eles são cultivados naturalmente, sem o uso de químicos sintéticos, prejudiciais à saúde. Monte um cardápio colorido e variado. Dessa forma, será possível ingerir muitas substâncias auxiliares do sistema imunológico, como vitaminas, minerais, ômega 3 e fitoquímicos.

Os vegetais verde-escuros, por exemplo, não podem faltar nas refeições. Isso porque os benefícios deles no corpo são numerosos. São fontes de fibras, betacaroteno, ferro e ácido fólico. Escolha as opções de que mais gosta e ingira sem moderação. Pode ser brócolis, couve, agrião, espinafre e muitas outras.

As frutas e os legumes de cor vermelha, como morango, goiaba e tomate, estimulam muito o sistema imunológico. Eles são fontes de vitamina C e exercem propriedades antioxidantes e cardioprotetoras. Os alimentos alaranjados, como o mamão, a abóbora e a cenoura, por sua vez, auxiliam a pele, os cabelos e a visão. Eles também aumentam os níveis de imunidade e defesa antioxidante.

Quer ter, de uma só vez, as propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes, antifúngicas e cardioprotetoras no seu organismo? Consuma alimentos arroxeados. Boas opções são uva, beterraba, ameixa e jabuticaba.

Além desses, também indicamos o consumo dos itens a seguir:

  • frutas cítricas;
  • alho;
  • gengibre;
  • mel, própolis ou geleia real;
  • linhaça;
  • iogurte natural;
  • castanha-do-pará,

Dica extra

Para auxiliar no fortalecimento da imunidade, separamos uma receita especial, indicada pela chef Paula Galvanini. Confira como preparar o shot imunidade!

1/2 colher (chá) de açafrão-da-terra;

1/2 unidade de cenoura;

1/2 unidade de laranja espremida;

1 pitada de pimenta-do-reino.

Bata todos os ingredientes no liquidificador, peneire e beba em seguida.

Mais que seguir as nossas recomendações de alimentos, que mantêm a sua imunidade alta, é importante ingerir bastante líquido, evitar itens não saudáveis e praticar alguma atividade física.

Quer mais qualidade de vida em sua mesa? Conheça os nossos produtos!

Shitake orgânico: benefícios e receitas para você se apaixonar

Os produtos orgânicos são grandes aliados de uma alimentação saudável e com mais sabor. Com o shitake orgânico, não é diferente! Nativo do leste da Ásia e representando uma das espécies de fungos comestíveis mais consumidas em todo o mundo, o alimento possui diversos benefícios para a saúde. Aqui, no Brasil, sua coloração é castanho-escura, e seu sabor é intenso e levemente amadeirado.

Ficou interessado nos benefícios? Ao longo do texto, você irá conferir os principais! E tem mais: separamos duas receitas especiais para inserir logo o shitake orgânico em sua alimentação. Vamos lá?

 

Os benefícios do shitake orgânico

O shitake, segundo a medicina chinesa, apresenta uma estrutura nutritiva que melhora a qualidade de vida, a longevidade e a circulação. Em sua lista de propriedades, encontramos proteínas, carboidratos, fibras, zinco e vitaminas D e B2. Além disso, o alimento apresenta baixo teor de calorias e gorduras. Consequentemente, tornou-se querido por quem está de dieta.

Com essas vantagens, podemos afirmar que o shitake, entre outros fatores:

  • Faz bem para o coração por apresentar compostos que reduzem o colesterol;
  • Melhora a imunidade;
  • Ajuda na prevenção do câncer – os polissacarídeos presentes no cogumelo auxiliam no combate a tumores;
  • Fortalece os ossos devido à presença da vitamina D.

 

Receitas de dar água na boca

Em nosso cotidiano, o shitake orgânico pode ser consumido de diversas formas. Nossas indicações de hoje são clássicas. Uma com macarrão alho e óleo, prática e saborosa. A outra com brócolis, perfeita para acompanhar uma refeição com arroz e salada, por exemplo. Tudo bem fácil para conquistar toda a família. Veja só:

 

Macarrão com shitake

Ingredientes:

  • 1 pacote de macarrão
  • 6 dentes de alho amassados
  • 1 cebola média picada
  • 2 xícaras (chá) de shitake orgânico desidratado ou 200g de shitake fresco refogado
  • 5 colheres de sopa de azeite
  • ¼ de xícara (chá) de shoyu
  • 1 xícara (chá) de salsinha e cebolinha picadas
  • 1 xícara (chá) de cheiro-verde
  • Sal a gosto

 

Modo de preparo:

O primeiro passo é cozinhar o macarrão. Enquanto isso, prepare os outros ingredientes: amasse os dentes de alho, pique bem a cebola, o cheiro-verde e o shitake. Depois, coloque o azeite em uma panela grande, refogue o alho e a cebola até ficarem levemente dourados e acrescente o shitake picadinho.

Por cerca de cinco minutos, deixe refogar em fogo baixo. Ao terminar, adicione o shoyu, a salsinha e cebolinha. Mexa mais um pouco e acrescente o macarrão já cozido e escorrido, mexendo com cuidado para não empapar. Pronto! É só servir.

 

Refogado de brócolis e shitake

Ingredientes:

  • 3 dentes de alho picados
  • 1/2 cebola média cortada em tiras
  • 1/2 xícara (chá) de pimentão-vermelho ou amarelo cortado em tiras
  • 2 colheres (sopa) de gengibre ralado
  • 2 xícaras (chá) de shitake fresco fatiado – aproximadamente 150g
  • 1 maço pequeno de brócolis orgânico picado – aproximadamente 300g
  • 1 xícara (chá) de água
  • 1/3 de xícara (chá) de shoyu
  • 1 colher (sopa) de farinha de trigo ou amido de milho

 

Modo de preparo:

Una a água, o shoyu, o amido de milho ou a farinha de trigo em uma vasilha. Misture bem e reserve. Na panela já em fogo médio, acrescente um fio de óleo e refogue o alho picado e a cebola em tiras até ficarem levemente dourados. Em seguida, coloque o pimentão em tiras, o gengibre ralado e refogue por cerca de três minutos.

Adicione o shitake e o brócolis picado, deixando-os refogar. Acrescente a mistura de água com shoyu e misture até engrossar. Sirva e aproveite o sabor! Para conhecer mais sobre os produtos orgânicos e conferir novas receitas, continue acompanhando nosso blog e nos siga nas redes sociais!

7 dicas para voltar à rotina com saúde

 

 

Dizem que o ano só começa depois do carnaval, não é mesmo? E voltar à rotina pós-festas de fim de ano e pós-folia pode parecer uma tarefa nada fácil de se resolver. Por isso, a Reserva te ajuda nessa missão. Separamos 7 dicas incríveis para você retornar às tarefas do dia a dia com saúde. Confira!

 

Hidrate-se

Pode parecer óbvio, mas se hidratar é um dos passos mais importantes para voltar à rotina. Beber líquidos é fundamental para o bom funcionamento do nosso corpo, pois eles são responsáveis por levar as toxinas embora do nosso organismo. A água, sem dúvidas, é a melhor opção, mas você pode beber água de coco e chás, por exemplo, que também auxiliam na hidratação.

 

Faça um planejamento

Nada melhor do que se planejar para otimizar o seu dia a dia e facilitar a conquista dos seus objetivos. Sem dúvidas, criar um plano e se organizar deixa tudo mais claro, ajudando nas tomadas de decisões.

 

Mantenha o pensamento positivo

Você com certeza já ouviu dizer que o pensamento positivo é superpoderoso. E é mesmo! Acreditar que você é capaz de entrar na rotina faz toda a diferença. Não se julgue por ter se desviado dos hábitos saudáveis; agora, é voltar com tudo e rumo aos ótimos resultados.

 

Pratique exercícios físicos

Se você já praticava exercícios físicos, esse é o momento de retornar aos treinos. E, se você ainda não tinha esse hábito, agora é a hora! A disposição e a motivação do início podem ser grande aliadas, além disso, o seu organismo está pronto para eliminar tudo que ficou de excesso durante os meses de folga.

 

Faça várias refeições ao longo do dia

Comer de três em três horas é, de fato, um ótimo conselho. Ficar muito tempo sem se alimentar faz com que o nosso corpo resguarde energia, ou seja, faz o nosso metabolismo trabalhar lentamente. Outro ponto importante é a questão da fome. Quando não comemos com frequência, temos mais fome, e a próxima refeição poderá ser consumida de forma exagerada, o que não é recomendado.

 

Mantenha uma dieta balanceada

Já imaginou montar aquele prato colorido, cheio de alimentos frescos, com muitas verduras e legumes? Manter uma dieta balanceada só traz benefícios. Escolha sempre alimentos com boa procedência, prefira as proteínas com gorduras boas e não se esqueça das frutas! Elas, além de serem ótimas aliadas na substituição da sobremesa, são fontes de vitaminas e ajudam no funcionamento dos músculos, do sistema nervoso e do sistema imunológico. Ingerir, pelo menos, 400 gramas de frutas e hortaliças é uma recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

 

Escolha alimentos orgânicos

Os produtos orgânicos são completamente livres de venenos e conservantes, contendo somente substâncias que fazem bem à saúde. Por serem cultivados em solo fértil e com adubos naturais, os alimentos orgânicos são mais nutritivos, ricos em vitaminas e minerais e com sabor e cor preservados. Dessa forma, quem ingere produtos orgânicos cria, de forma natural, uma maior defesa imunológica.

Que tal começar essa rotina saudável agora mesmo? Clique aqui, confira nossos produtos disponíveis e faça o seu pedido!

Carnaval 2020: 3 drinks para você cair na folia com sabor

 

A época mais animada do ano está chegando. O carnaval 2020, que começa no dia 22 de fevereiro e vai até o dia 26, como sempre, promete agitar cidades por todo o Brasil. E nada melhor do que curtir a folia se refrescando com deliciosos drinks geladinhos, não acha?

Por isso, separamos três dicas de bebidas para você aproveitar ainda mais essa bela festa. Confira!

Alecrim cítrico sem álcool

Para quem curte um drink perfumado, essa é uma ótima pedida. Além de ser super-refrescante, pois utilizamos laranja e limão siciliano, a mistura ainda conta com o frescor e o aroma do alecrim.

Ingredientes

  • 8 galhos de alecrim
  • 300g de laranja
  • 400g de limão siciliano
  • 45g de açúcar refinado
  • 150ml de água
  • 500ml de água com gás
  • Gelo

Modo de preparo

Em uma panela pequena, coloque o açúcar, a água e dois raminhos de alecrim e cozinhe por cerca de dois minutos. Após o açúcar dissolver, remova o alecrim e deixe esfriar. Esprema os limões e as laranjas e adicione no xarope aromatizado frio. Distribua a mistura em seis copos com gelo e complete com a água com gás. Decore com rodelas de limão e raminhos de alecrim e está pronto para servir.

Maracujá dos Deuses

Se você ama misturar fruta com álcool, esse será o seu drink preferido!

Ingredientes

  • 1/2 lata de leite condensado
  • 1/3 lata de creme de leite
  • 1/2 maracujá batido e coado
  • 50ml de água gelada
  • 1 dose de rum branco
  • Gelo
  • Hortelã

Modo de preparo

Bata o maracujá com a água gelada no liquidificador e vá acrescentando o creme de leite e o leite condensado. Bata por cerca de 30 segundos. Acrescente o rum e a hortelã e bata por mais dez segundos. Sirva com gelo.

 

Mojito Sense

O primo da caipirinha chegou para te encantar. Refrescante, diferente e muito saboroso, que tal experimentar algo novo neste carnaval?

Ingredientes

  • 1 limão
  • 1 dose de rum branco (50 ml)
  • 3 ramos de hortelã
  • 1 colher (chá) de açúcar
  • cubos de gelo a gosto
  • soda ou água com gás para completar

 

Modo de preparo

Lave e seque bem os ramos de hortelã e o limão. Junte os ramos de hortelã e esfregue bem as folhas no interior e na borda de um copo alto. Ele deve ficar bem perfumado. Em uma tábua, corte o limão com a casca ao meio e despreze as sementes. Corte uma das metades em quatro partes e transfira para um copo alto. Adicione o açúcar, as folhas de hortelã restantes e amasse bem. Junte a dose de rum e misture. Preencha o copo com cubos de gelo, complete com soda (ou água com gás) e está pronto pra servir!

Temperos: o segredo para deixar a sua comida ainda mais gostosa

 

 

Os temperos são utilizados em diversas culinárias ao redor do mundo. Além de trazer beleza, cores, aromas e sabores aos pratos, eles podem ser grandes aliados da boa saúde. Conheça os principais benefícios do alecrim, da cebolinha, da hortelã e da salsa e como eles podem ser incorporados aos seus pratos.

Substituição do sal por temperos naturais

 

Sabemos que o sal é um dos temperos mais comuns aqui no Brasil. Porém muitos estudos apontam que o sódio que consumimos faz mal à saúde, podendo causar problemas graves como hipertensão e sobrecarga dos rins. Por isso, diminuir a quantidade de sal e substituí-lo por temperos naturais e orgânicos, além de potencializar o sabor da comida, ajuda na prevenção de doenças.

 

Alecrim

 

O alecrim é um ótimo exemplo de tempero natural que pode fazer a diferença nos seus pratos. Além de trazer um “ar” de sofisticação, ele estimula a digestão e é ótimo para memória. O alecrim vai bem com carnes suínas, de cordeiro, cabrito e aves. Além disso, o aroma desse tempero é um ótimo complemento para molhos e muito utilizado na composição de massas de pães.

 

Já experimentou batatas ao murro com alecrim? A dica é cozinhar bem as batatas, e, após resfriá-las, dê leves murros para amassá-las. Pincele as batatas com manteiga, cubra-as com alecrim e leve ao forno. Uma delícia de acompanhamento!

 

 

Cebolinha

 

A cebolinha já é bastante utilizada na finalização dos pratos, pois o calor do cozimento pode tirar o sabor tão característico deste tempero. Além de trazer um toque colorido, a cebolinha contém substâncias antioxidantes e pode auxiliar o processo digestivo. Ela vai bem com queijos, caldos, molhos, ovos e peixes.

 

Uma dica: incremente a sua omelete de queijo com cebolinha. Além de combinar muito com os ingredientes, o tempero fará toda a diferença no sabor e na apresentação deste prato simples.

 

 

Hortelã

 

Vinda do Oriente Média, a hortelã é uma erva aromática conhecida por suas ações medicinais. Tem um efeito calmante, é boa para quem tem problemas digestivos e funciona como um ótimo expectorante. Na culinária, além do chá de hortelã, o tempero é muito utilizado por ser refrescante. Funciona com carnes, saladas, iogurte e drinks.

 

Uma boa pedida para o verão é a salada de hortelã com rúcula. Experimente acrescentar tomate-cereja, muçarela de búfala e azeite.

 

Salsa

 

Junto com a cebolinha, a salsa forma o famoso tempero verde. Usada em saladas, molhos, sopas, e peixes, além de decorar pratos, ela ajuda na circulação do sangue e pode evitar problemas cardiovasculares. A salsa deve ser consumida fresca, pois seca ela perde todo o seu aroma e sabor.

 

Experimente utilizar a salsa na preparação de pesto para massas, saladas ou até mesmo para acompanhar carnes. Basta misturar com alho, azeite, queijo parmesão, castanha de caju ou nozes, no liquidificador ou no processador, e o pesto está pronto para ser servido.

 

 

Que tal incorporar todos esses temperos na sua culinária? Clique aqui e faça o seu pedido de produtos orgânicos da Fazenda Reserva.

Prepare uma ceia saudável de ano novo com produtos orgânicos

 

 

Uma mesa vistosa e farta para a ceia faz parte da comemoração de ano novo. São vários sabores e aromas que atraem todos os olhares e paladares. Mas não é porque é comemoração que você deve se alimentar mal. Equilíbrio é sempre a palavra-chave. É totalmente possível fazer a ceia de ano novo saudável e vegana muito gostosa!

 

Selecionamos algumas dicas que vão ajudar você a ser saudável e comer bem neste fim de ano.

  • Coma frutas frescas e secas. Prefira essa opção em vez de frutas cristalizadas, que são cheias de açúcar. As secas são ricas em fibras, vitaminas e minerais, não prejudicam a alimentação e ajudam a promover a saciedade.
  • Evite refrigerantes. Não somente no fim de ano, essa bebida deve sempre ser evitada, pois não possui qualquer benefício para a saúde. Pelo contrário, ajuda a ganhar peso e aumenta os níveis de açúcar. Opte por sucos naturais e integrais, além das polpas de frutas.
  • Azeite é bom, mas o excesso, não. A grande quantidade de azeite foge do equilíbrio, portanto, controle para não aumentar os níveis de colesterol.
  • Faça receitas mais saudáveis. A forma de preparo e a escolha dos ingredientes fazem toda a diferença ao fazer as receitas. Para manter uma alimentação saudável e equilibrada, escolha alimentos orgânicos. Confira abaixo duas receitas especiais que podem ser feitas com produtos da Fazenda Reserva:

 

Salpicão vegano

 

Ingredientes

  • 1 xícara de cenoura ralada;
  • 1 xícara de milho cozido (da espiga, retirado e cozido em água por alguns minutos);
  • ½ xícara de aipo fatiado bem fino;
  • ½ xícara de cebola roxa cortada em quadrados;
  • ¼ xícara de passas;
  • ½ xícara de tomate em quadrado;
  • ½ xícara de maçã em quadrado;
  • 1 xícara de tofu defumado orgânico ralado;
  • 1 xícara de batata-doce palha (frite uma xícara com uma xícara de óleo de coco. Deixe secar no papel toalha).

 

Modo de fazer:

Misture todos os ingredientes, um a um, menos a batata-doce palha, que deve ser feita no final.

 

Maionese vegana:

Ingredientes:

  • 1 xícara de castanha-de-caju crua;
  • 1 colher pequena de mostarda;
  • 2 colheres de sopa de limão;
  • 3 colheres de sopa de azeite;
  • 3 colheres de sopa de água.

 

Modo de preparo:

No liquidificador, bata todos os ingredientes juntos e depois tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto. Bata mais uma vez até que fique completamente homogêneo. Misture os ingredientes do salpicão com a maionese vegana. Finalize com a batata-doce palha por cima.

 

Espaguete de pupunha com shitake

 

Ingredientes

  • 400g de fios de pupunha;
  • 200g de shitake;
  • 1 abobrinha pequena cortada em cubos;
  • Erva-doce fresca cortada em c200g, a gosto;
  • 1 tomate cortado em cubos;
  • 1 dente de alho amassado;
  • Sal, pimenta e ervas a gosto;
  • Azeite ou óleo de coco;
  • Castanha-de-caju para finalizar.

 

Modo de preparo

Refogue o alho no azeite. Acrescente o tomate, os cogumelos e os outros ingredientes. Tempere com sal, pimenta e ervas. Finalize com as castanhas e sirva. Não cozinhe demais os ingredientes. Deixe os legumes mais “al dente”, assim eles não soltam tanto líquido, mantêm o sabor e ficarão com ótima textura.

 

A Fazenda Reserva deseja um feliz e saudável ano novo e que todos aproveitem a ceia ao lado de pessoas queridas.

Fruta da época: jabuticaba orgância

A jabuticaba é uma fruta de origem brasileira, do coração da nossa Mata Atlântica. Seu nome, do tupi-guarani, significa frutas em botão. Com formato redondo, nascem no tronco da jabuticabeira e têm os últimos meses do ano, de outubro a dezembro, como principal período de colheita. Em todo o país, o sabor e as propriedades da jabuticaba conquistam milhares de pessoas.

Ainda não conhece os benefícios da fruta? Ao longo do texto, explicamos como a jabuticaba traz vantagens para as nossas vidas e você confere, ainda, uma receitinha especial, fácil e deliciosa.

Os principais benefícios da jabuticaba

A polpa da jabuticaba possui pouco carboidrato e poucas calorias. Por outro lado, tem grandes quantidades de vitamina C e E, e de minerais como o cálcio, o ferro e o zinco. A casca é rica em antocianidina, uma poderosa vitamina responsável pela cor roxa da fruta. Como resultado, os benefícios são muitos. Em destaque, podemos citar a prevenção do câncer e o controle do colesterol.

Além disso, a jabuticaba orgânica é uma excelente fonte de fibras e, assim, possui a vantagem de regular o intestino. A antocianidina da casca age nos vasos sanguíneos e diminui o risco de doenças cardiovasculares, como o infarto e o AVC. A fruta também melhora a resistência física e a elasticidade muscular.

Geleia da fruta

A geleia de jabuticaba pode ser usada como cobertura de sobremesas, como de cheesecakes e é ideal para acompanhar biscoitos, torradas e pães. E o melhor: é simples, saborosa e só leva as frutas, água e açúcar. Vamos à receita? Você vai precisar de:

  • 1 kg de jabuticabas orgânicas inteiras maduras, sem os cabinhos e já lavadas;
  • 1 L de água para cobrir as jabuticabas;
  • 1/2 kg de açúcar.

Modo de preparo: Amasse as jabuticabas. Depois, coloque-as em uma panela, de preferência de inox, e cubra com a água. Deixe ferver por 1h30 em fogo baixo e com a panela destampada. Em seguida, elimine a espuma que se formar na superfície. Após cozinhas, coe as jabuticabas num filtro de papel ou de algodão. Volte o líquido à panela, com a mesma medida de açúcar, e leve ao fogo. Ferva até o ponto de calda grossa. Pronto! Distribua em potes e sirva como preferir.

Ficou com desejo? Aproveite a época e compre as jabuticabas orgânicas da Fazenda Reserva! Aqui, tudo é cultivado de forma natural, sem agrotóxicos e com muita saúde. Você vai se apaixonar!

Enriqueça sua salada: o poder do visual da sua refeição

Você também é o tipo de pessoa que, antes mesmo de experimentar o sabor de um prato, já analisa o visual? O famoso “comer com os olhos” é rotina de grande parte da população. Uma refeição bonita é capaz de estimular nosso apetite, e essa realidade é ainda mais forte para as crianças. Ao preparar alimentos de forma criativa, você estimula a curiosidade pelo sabor.

Assim, fica mais fácil, por exemplo, introduzir legumes e verduras no dia a dia infantil. Contando com produtos orgânicos, os pratos ganham ainda mais cor e qualidade. E para ajudar o enriquecimento das saladas, hoje preparamos algumas dicas sobre o corte dos alimentos.

Dicas para cortar legumes e vegetais

Em primeiro lugar, o mais importante: pratique! Se você pensa não ter muitas habilidades na cozinha, tentar fazer o diferente é essencial, mas com cuidado, sempre. De forma geral, procure uniformizar os cortes, escolhendo um único tamanho e formato. Como resultado, fica mais fácil tanto na hora de cozinhar quanto no momento de preparar o prato.

Além disso, procure facas de qualidade e bem afiadas. A tábua de apoio não deve ser a mesma usada para carnes e, para facilitar o processo do corte, use uma toalha úmida abaixo da tábua para que esta não escorregue. Com o objetivo de aproveitar o alimento ao máximo, conte também com um bom descascador em sua cozinha.

Entre os cortes mais usados, estão:

Chiffonade: corte para verduras, em tiras bem finas. É comum para couves e também em algumas ervas, como manjericão e salsinha.

Brunoise: corte em cubinhos minúsculos. Legumes nesse formato cozinham mais rápido e podem ser usados como recheio na refeição. O corte é, ainda, ideal para cogumelos.

Julienne: corte versátil, em tiras mais grossas. Pode ser usado, nos legumes, para enfeitar, cozinhar no vapor, refogar ou servir cru. É muito usado em cenouras.

Agora, para que os pratos coloridos e cheios de saúde e criatividade façam parte da rotina da sua família, assine o Clube Reserva! Economia, comodidade e exclusividade!

Sopas que aquecem o coração: benefícios dos legumes orgânicos

A época da colheita de legumes orgânicos, como o inhame, a cenoura, a batata-inglesa e a abóbora, chegou! Importantes fontes de carboidratos, fibras e vitaminas, os legumes enriquecem a alimentação e podem ser preparados de diversas formas. Hoje, para incentivar uma refeição rica em sabor e saúde, vamos falar sobre as sopas! É hora de conhecer os benefícios dos legumes orgânicos e como preparar um prato para aquecer até o coração.

Quais são os benefícios da sopa com legumes orgânicos?

As sopas são destaque na mesa da população há séculos, principalmente em períodos de frio. Fáceis de digerir, têm como um dos principais benefícios a alta dose de nutrientes vinda dos legumes e de outros alimentos que as compõem. Além disso, por conter grande parte de líquido, o prato também tem como vantagem a hidratação.

A sopa pode ser, ainda, aliada para aqueles que querem perder ou ter maior controle do peso. Nesses casos, lembramos que é fundamental ter auxílio profissional para que a ingestão do alimento seja feita de forma correta, dentro de uma dieta equilibrada. Para as crianças, o consumo de sopas é uma maneira prática de inserir os legumes e as verduras na rotina alimentar.

Finalmente, ao optar por produtos orgânicos, a sopa fica mais saborosa e, sem agentes químicos, leva mais saúde para a família.

 

Prepare sua sopa

Agora que você já sabe os benefícios dos legumes orgânicos, o preparo de sopas é muito simples. Aqui, separamos a receita da famosa sopa de inhame. O alimento é fonte de energia, favorece o ganho de massa muscular, fortalece o sistema imunológico e, entre outros benefícios, ajuda na prevenção do câncer. Neste prato, você vai precisar de:

 

  • 2kg de inhame orgânico;
  • 2kg de batata;
  • 1 colher (sopa) de manteiga;
  • 1/2 alho-poró em rodelas;
  • 1 dente de alho amassado;
  • 1 colher (sopa) de salsa picadinha;
  • 1/2 litro de caldo de legumes;
  • Sal a gosto.

 

Modo de preparo:

Descasque os inhames e as batatas, corte-os em cubos pequenos e coloque-os para cozinhar em uma panela com água e um pouco de sal. Depois de 30 minutos, acrescente o alho-poró, o dente de alho e a salsa. Deixe cozinhar por 15 minutos. Quando estiver macio, leve tudo ao processador para triturar e, em seguida, volte à panela! Nela, misture o caldo de carne e tempere com sal.

Pronto! Agora, é só aproveitar. Continue acompanhando nosso blog e confira mais receitas saudáveis e, claro, deliciosas.