O perigo dos agrotóxicos: como combater?

Os perigos dos agrotóxicos para a saúde são diversos. Mas você sabe o que é?  Os agrotóxicos são substâncias químicas sintéticas desenvolvidas durante a Segunda Guerra Mundial. Desde então, esses produtos são usados, no mundo todo, como um defensivo agrícola. Utilizados para matar bactérias e fungos, a justificativa para a sua aplicação é que, com ela, é possível impedir danos às plantações. Para isso, os agrotóxicos alteram a composição da fauna e da flora.

Como resultado, há profundo desequilíbrio ambiental, poluindo o solo e a água. E não só isso: o uso das substâncias químicas no cultivo dos alimentos gera danos à saúde da população que os consome. Ainda não sabe como os agrotóxicos podem afetar o nosso corpo? Nós explicamos:

Por que os agrotóxicos fazem mal à saúde?

Os agrotóxicos, quando utilizados nos sistemas agrícolas, contaminam os alimentos. Uma vez contaminados, a lavagem antes da ingestão não é mais eficaz. Consequentemente, os pratos tornam-se tóxicos, e seu consumo contínuo pode, então, acarretar diversas doenças.

A intoxicação por agrotóxico desenvolve distúrbios neurológicos, irritações na pele, dificuldades respiratórias e alergias. Com exposições prolongadas às substâncias químicas, as pessoas ficam sob risco de problemas graves como o câncer. No mundo, pesquisas apontam que ocorrem mais de 200 mil mortes por ano em virtude das doenças geradas pelo uso intensivo desses produtos.

Como combater esse problema?

Apesar dos muitos danos à saúde, a liberação do uso de agrotóxicos é crescente. Aqui, no Brasil, segundo a Anvisa, o aumento foi de 190% nos últimos dez anos. Para combater esse mal, cresce também o modelo agroecológico. Nele, a produção é orgânica. Ou seja, sem o uso de agentes químicos nos alimentos.

A preferência por produtos orgânicos está cada vez maior. Dessa forma, há cuidado com a saúde e com o meio ambiente. Mais seguros, os produtos cultivados de forma natural são mais nutritivos por preservarem todas as suas propriedades inalteradas. Além disso, a produção sustentável não contamina o solo, reduz o uso de fontes de energia não renovável e produz menos resíduos poluentes.

Quer fazer parte deste movimento? Conheça o Clube Reserva e receba na sua casa produtos orgânicos que farão a diferença na sua rotina, prezando sempre pela qualidade de vida.